#JujuHerói | Um ano sem ti... A mamã tem saudades... | Li.Me

julho 24, 2019

Foi à um mês atrás que escrevi pela última vez aqui no blog... E isso teve um motivo.

Desde esse dia que me vinha a mentalizar que a data estava próxima e isso mexeu muito comigo.

Por outro lado quis que esta data fosse marcada...

Não, não é uma data especial de forma nenhuma, mas sim uma data sensível que eu tenho a certeza que nunca vou conseguir esquecer.

Não, não faço questão de a ''comemorar''. Mas não deixa de ser um dia completamente diferente para mim.

No ano passado, neste mesmo dia, eu fiz algumas promessas ao meu filho...

Eu não sei, nem nunca vou saber, se ele me conseguiu ''ouvir'', sentir ou perceber o que lhe estava a dizer... Mas, naquele dia, eu abri o meu coração para a criança que eu criei durante 2 anos e meio e não fui apenas a mamã dele... Fui uma mulher que nem sempre é forte, uma mulher que chora, frágil, sem rumo nenhum...

Naquele dia, que faz hoje exactamente um ano, eu pedi perdão ao meu próprio filho por não ter conseguido protegê-lo mais, por não ter sido uma mãe perfeita, por ter gritado com ele em alguns momentos (por que sim, eu também cheguei a gritar com ele, sou humana), por nem sempre lhe ter dado a atenção que ele queria, por nem sempre ter brincado com ele, por nem sempre o levar ao parque, por não o ter levado mais a ver o ''bé'', por desistir sempre que começava a ler para ele e ele começava a brincar...

Eu pedi perdão ao meu filho por não ter sido melhor... E também prometi a ele que, quando voltasse a ser mãe, que ia tentar ser uma mãe melhor...

Também lhe prometi que ia ser mais forte, apesar de ainda não ter conseguido fazer isso, e prometi que me ia sempre lembrar de tudo o que ele me ensinou.

Apesar de ele ter sido apenas uma criança ele ensinou muito a todos o que o conheciam...

A principal coisa que nos ensinou é o significado do amor incondicional. Ele também ensinou a perdoar, a não julgar nada nem ninguém, ensinou que por vezes a melhor solução para superar uma tragédia é o abraço sincero e ensinou muitas outras coisas...

Ele era apenas uma criança... Mas uma criança pura de coração.

Acima de tudo, o que ele mais me ensinou, foi que temos que saber amar os outros independentemente das nossas diferenças  por que há sempre algo que nos une...

Hoje eu ainda tenho saudades... E vou sempre ter, isso é inevitável...

Dizem que o primeiro ano é sempre o mais difícil e que depois tudo fica mais fácil mas... Será a minha verdade também?

Não há um dia que não pense nele, que não diga algo como ele dizia, que não me lembre de alguma situação dele e que não sinta a sua falta...

E também não há um dia que não me sinta, de alguma forma, culpada pelo que aconteceu...

Outra promessa que fiz ao meu filho é que lhe daria irmãos ou irmãs... Por que ele também queria, nós queriamos e não faria sentido simplesmente não ter por causa do que aconteceu...

Hoje estou quase a cumprir isso... Hoje estou quase a entrar no 9º mês de gravidez para lhe dar uma irmãzinha.

Foi pouco tempo depois? Sim. Mas não vem para substituir, de jeito nenhum.

Por vezes ainda ''falo'' com ele e peço que me perdoe, peço que me ajude a ser uma pessoa melhor e, sobretudo, que me ajude a ser uma mãe melhor para este bebé que vem a caminho.

Peço que me ajude a protegê-la e a cuidar dela e peço que ele seja sempre o seu anjinho da guarda.

Hoje ele é o meu... E sempre vai ser...

A mamã tem saudades... Muitas saudades... E não pode prometer que vai deixar de chorar nem que vai ser mais fácil...

Mas a mamã pode prometer que nunca vai esquecer, nunca vai substituir, nunca vai deiar de amor... Sempre haverá um cantinho no meu coração que só pertence a ti.... E isso nunca vai mudar!

You Might Also Like

0 comentários

Denunciar abuso