Artes de Sexta | 03 - Tatuagens

novembro 03, 2017

Hoje em dia é possível encontrar, cada vez mais, pessoas com vários tipos de tatuagens. Sejam elas para simbolizar algo de importante na vida da pessoa, ou simplesmente por que sim.

Mas, este tipo de arte, não é simplesmente fazer desenhos bonitos (ou não) numa tela diferente, é bem mais complexo que isso.

Vamos descobrir um pouco?

A origem das tatuagens

Segundo factos históricos e relíquias encontradas pelo mundo, a prática da tatuagem já vem desde cerca dos anos 4000 e 2000 a.C.

Esta prática adquiriu o nome de ''tatau'' devido ao som que os instrumentos produziam.

As sua origens vem de civilizações antigas da Polinésia, Filipinas, Indonésia e Nova Zelândia. Embora também tenham sido encontrados registros de egípcios e pictos, uma civilização antiga do norte da Europa.



Embora se pensasse que a sua origem certa viria dos povos do Egipto, esse facto foi descartado quando no ano de 1991 cientistas descobriram um cadáver congelado de um homem da Idade do Cobre. Alguns dizem que seria de cerca de 3300 a. C., outros dizem que seria de cerca de 5300 a.C, eu honestamente não sei por que ainda não tive a oportunidade de conversar com o dito cujo.

O certo é que, depois de várias análises e exames ao cadáver, os cientistas puderam descobrir várias tatuagens que teriam ligações com práticas religiosas. Assim sendo, e com outros estudos também de outros povos, as tatuagens seriam uma prática em rituais de cariz religioso.

Em algumas civilizações indígenas, esta arte serviria para expressarem rituais de passagem e reverência a elementos da natureza.

A ''expansão'' da tatuagem

Os maiores responsáveis pela extensão no uso de tatuagens foram, certamente, os marinheiros ingleses.

Estes homens, através do contacto com povos e tribos que faziam uso desta arte, mais propriamente os povos polinésios.

Assim, começaram por marcar os seus corpos com imagens de feras do mar, caveiras, embarcações e tudo aquilo que pudesse expressar as suas aventuras pelos mares.

Como os marinheiros eram pessoas de pouca influência social, pouca condição financeira e frequentadores de locais considerados de pouca categoria, como tavernas e prostíbulos, fizeram da tatuagem algo bem popular entre as pessoas desocupadas, prostitutas, lutadores de rua, ex-prisioneiros, e todos aqueles considerados ''fora da sociedade''.



Então, foi basicamente assim, que a tatuagem adquiriu a grande fama de ser algo de ''gente ruim'' e sem nada de bom para dar, sem pelo menos a sociedade conseguir perceber o que aquilo realmente representava, de onde tinha vindo e qual seria a intenção.
Parece que o ser humano sempre teve a habilidade de julgar primeiro e perguntar depois, não é mesmo?

Foi só no século XX que a tatuagem começou a ganhar espaço e aceitação entre um maior número de cidadãos de várias culturas e crenças, criando assim conotações pessoais.

A tatuagem no século XXI

Apesar desta arte ter ganho o seu próprio espaço e fama entre as sociedades contemporâneas, ainda existem muitas críticas e receios sobre aqueles que são portadores seja de uma minúscula ou mais.

Bem, eu tenho 3... Sendo que duas são pequeninas e a outra bem maior, todas em locais que raramente estão expostos à vista da sociedade... Mas eu juro que sou inofensiva!



Algumas pessoas ainda sofrem com o preconceito, seja da sociedade ou mesmo familiares, mas esta práctica está a ser cada vez mais aceite e já não existe um estereótipo sobre o ''público'' que as transporta.

Hoje em dia, as tatuagens carregam significados diversos como experiências boas ou más que aconteceram em parte da vida da pessoa, datas importantes que marcaram alguma mudança ou nascimento de filhos, uma paixão por algum símbolo, animal ou arte, e, ainda, é usada como forma de ''melhorar'', sem recorrer à cirurgia, alguma parte do corpo que ficou marcada seja por acidentes, seja por alguma doença.

O que isto nos diz?

A arte da tatuagem não é apenas uma ''modernização'', embora hoje em dia possa ser mais usada como símbolo de rebeldia e moda do que com um significado mais importante.

Todas as minhas tem o seu significado e dizem um pouco sobre mim, mas isto talvez possa ser um assunto para outro post.

A tatuagem pode ser uma escapatória a alguma situação ou marca ruim que carregamos connosco, fazendo desse peso algo mais suportável. Pode também ser uma lembrança para toda a vida de algo maravilhoso que nos aconteceu.

Sim, é para toda a vida, embora já hajam meios de as retirar, ou pelo menos, clarear e sem deixar cicatriz.

Nos tempos de hoje, fazer uma tatuagem, já não é uma coisa do outro mundo! Mas sim uma forma de expressão e, sobretudo e volto a dizer, uma forma de arte. Pois não nos podmos esquecer que, quem a a faz, embora muitas das vezes apenas ''copie'' o desenho, essa pessoa também de fazer os seus estudos, também pratica os seus movimentos, então também é um artista!

E por aí? alguém com tatuagens? Tem significados?

Partilhem as vossas opiniões :)

You Might Also Like

0 comentários

Denunciar abuso